Páginas

sábado, 15 de novembro de 2014

Mostra Negra Consciência agita Pirituba

DIVULGAÇÃO:
Em evento gratuito, Gerson King Combo, Aláfia, Ba Kimbuta e muitos outros marcam presença no aniversário de sete anos do Sarau Elo da Corrente

Em São Paulo, o mês de novembro, em que se comemora o Dia Consciência Negra, tornou-se momento importante para a cultura e história afro-brasileira. Sendo este um dos seus principais pilares de atuação, o Sarau Elo da Corrente não poderia comemorar seus sete anos de atividades em melhor ocasião. Shows, apresentações de dança e uma feira de empreendedores prometem fechar o mês com chave de ouro na Mostra Negra Consciência!
Entre as atrações estão Gerson King Combo & Banda SupergrooveBa Kimbuta & Banda Makomba e Banda Aláfia. Tendo em seu berço a cultura afro-brasileira, o samba também não poderia ficar de fora desta festa. Os gruposSamba do Congo e Samba Delas garantem trazer o melhor da raiz do estilo musical. Também estão confirmados o rap de Mano Merenda e a discotecagem da Dj Viviam Marques, além de uma apresentação de dança com o grupo Original Break.
Em parceria com a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (SMPIR), uma feira de empreendedores negros e negras, dos diversos segmentos (roupas, acessórios, alimentação), também compõe a programação.
A Mostra Negra Consciência é um evento gratuito e será realizada em 30 de novembro, a partir das 13 horas, na Rua Jurubim, altura do número 780, em Pirituba, Zona Oeste de São Paulo.

Sarau Elo da Corrente
O Coletivo Literário Sarau Elo da Correte surgiu em 2007, em Pirituba, Zona Oeste de São Paulo. O sarau, realizado no bar do Santista, é um espaço de encontro da comunidade em torno da literatura. O grupo também realiza outras atividades como oficinas, cursos e encontros, além da manutenção de uma biblioteca comunitária e uma editora independente, a Elo da Corrente Edições, que publica obras dos artistas locais.
O Coletivo tem como objetivo construir, de forma participativa, referências positivas sobre o bairro, abrindo um espaço de livre expressão, produção cultural e registro dessa produção. Seus principais eixos de atuação são: produção, fomento e difusão da cultura de periferia, nordestina e afro-brasileira.

Até a próxima parada!
Ônibus Biblioteca: dá sinal pra Leitura e Informação

Nenhum comentário:

Postar um comentário