Páginas

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

DIVULGAÇÃO:

cabecalho_programacao_laranja
flyer Tavinho e Fernando Brant

FANTÁSTICA JORNADA NOITE ADENTRO: MEDIEVAL FANTÁSTICO

Em sua décima terceira edição, a jornada traz um dos temas que mais despertam o fascínio e o imaginário dos admiradores da literatura fantástica, a fantasia medieval. Na abertura, a banda Taberna Folk resgata as músicas originais do período medieval e temas de obras como O Senhor dos Anéis. Na sequência, haverá um bate-papo sobre literatura. À meia-noite, começam assessões de cinema no auditório e o jogo de RPG live-action no andar térreo da Biblioteca Viriato Corrêa. Às 6 horas será oferecido um café-da-manhã.

Encontro

Antologia "!"
Neste encontro, convidados participam de uma mesa-redonda e ministram duas palestras sobre temas ligados ao mercado editorial e à literatura fantástica. Às 11h, autores da antologia conversam com a editora Bia Machado, da Caligo, sobre o tema "Das redes sociais à publicação: relatos de experiência de novos autores". Logo após, os autores Alfer Medeiros e Suzy Ramone falam sobre "O Fantástico no Imaginário Popular". Na sequência, Thiago Prada e Karina Rodrigues abordam o tema "Utopia e Distopia: Problematizações no presente". Após as atividades, haverá sessão de autógrafos. 
30 de novembro (sáb), a partir das 11h - BP Viriato Corrêa

CINEMA DA VANGUARDA FRANCESA (ANOS 20) + TRILHA MUSICAL AO VIVO

O evento, realizado em parceria com a Casa Guilherme de Almeida, museu vinculado à Secretaria de Estado da Cultura, exibe importantes filmes da vanguarda cinematográfica francesa com acompanhamento musical ao vivo. Após cada uma das sessões, haverá debates com especialistas que comentarão os filmes apresentados. Aos domingos, nos dias 1, 8 e 15 de dezembro às 17h.
Rien que les heures. +12
Filme musicado pelo grupo Cinematécnicos. Após a sessão, debate com Rubens Machado Jr.
1 de dezembro (dom), 17h
A queda da casa de Usher. +12
Filme musicado por Julia Teles, Luis Felipe Labaki e Tiago de Mello, integrantes do NME (Nova Música Eletroacústica). Após a sessão, debate com Donny Correia.
8 de dezembro (dom), 17h
  • Filmes curtos de Man Ray musicados por Luiz Gubeissi e Panda Gianfratti (Duo Abaetetuba). Após a sessão, debate com Sônia Salzstein.
Emak-Bakia. +16
L'étoile de mer. +16
Les Mystères du Château de Dé. +16
15 de dezembro (dom), 17h

Exposição

Visagens visões comuns, visões sublimes
Exposição composta por xilogravuras feitas por Ernesto Bonato a partir de retratos também realizados pelo artista, de pessoas que circulam, trabalham ou moram no entorno da biblioteca. A exposição homenageia a arte popular na figura de homens e mulheres comuns, depositários e vivificadores da cultura brasileira. Exposição permanente no saguão da Biblioteca. 
2ª a 6ª feira, das 10h às 19h 
Aos Sábados das 9h às 16h 
BP Belmonte
blogger custom facebook twitter
Até a próxima parada!
Ônibus Biblioteca: dá sinal pra Leitura e Informação 

 

Um marco histórico para o movimento de imigrantes de todo o Brasil

DIVULGAÇÃO:



 Até a próxima parada!
Ônibus Biblioteca: dá sinal pra Leitura e Informação

terça-feira, 26 de novembro de 2013

DIVULGAÇÃO:
Campanha 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher Os 16 Dias de Ativismo, realizado simultaneamente em 130 países, é um período de a
alt
cabecalho_programacao_azul

Campanha 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência                                   Contra a Mulher

Os 16 Dias de Ativismo, realizado simultaneamente em 130 países, é um período de ações dirigidas a um maior compromisso social para “prevenir, punir e erradicar a violência contra mulheres e meninas”.
Modelo2
Clique e confira a programação dos Cine Debates no site das Bibliotecas.
Acesse aqui e acompanhe toda a programação que integra a Campanha dos 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher,promovida pela Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres nos equipamentos da Prefeitura de São Paulo e também em parceria com instituições, movimentos sociais e feministas.
blogger custom facebook twitter
©2013 BibliotecasSP | Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas. Secretaria de Cultura. Prefeitura de São Paulo |www.bibliotecas.sp.gov.br

Até a próxima parada!

Ônibus Biblioteca: dá sinal pra Leitura e Informação

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

ADERALDO LUCIANO: O DOUTOR DO CORDEL

DIVULGAÇÃO:
 
                 CONVIDA

Dr. Aderaldo Luciano, especialista em Literatura de Cordel, ministrará palestra no próximo sábado na Biblioteca Belmonte



Dando segmento à programação do Ciclo de Palestra em Literatura de Cordel, Doutor Aderaldo Luciano, especialista em cordel trará aos presentes uma palestra esclarecedora e instigante sobre a literatura de cordel no Brasil.


Palestra “O que é (e o que não é) cordel” - Palestrante: Aderaldo Luciano - Tema: Elementos distintivos do cordel brasileiro - Sinopse: é muito comum colocar todas as formas de poesia oriundas do Nordeste sob o mesmo nome de cordel, entretanto há diferenças essenciais que a distinguem em vários aspectos. O repente dos cantadores improvisadores violeiros, o coco de embolada, o “poema matuto”, a rezas e benditos, as canções e os poemas curtos de inspiração bucólica ou de gracejo, todos são confundidos e colocados lado a lado no mesmo leito. O cordel difere de todos em sua textura poética, cultural e linguística. O seu produto escrito difere dos seus primos orais. O papel é seu suporte mais legítimo desde sua origem no Recife, impresso em máquinas tipográficas elétricas ou pequenos prelos manuais. Com o aparecimento da xilogravura passou‐se com o tempo a confundi-la com o cordel. O próprio folheto terminou por assumir posto de sinônimo do cordel, mesmo quando este tomou para si suportes mais robustos. Duração: 3h. Dia 30 de novembro, sábado, 10h.


Aderaldo Luciano é Doutor e Mestre em Ciência da Literatura (Poética), professor universitário, poeta, músico e coordenador editorial da Editora Luzeiro, de São Paulo, especializada em cordel.

Até a próxima parada!
Ônibus Biblioteca: dá sinal pra Leitura e Informação

domingo, 24 de novembro de 2013

O CORTEJO DA CIA DOS BARDOS NA ZONA OESTE

Capitão Xarião, apresentação de 13 de novembro no Jardim D’Abril
  
2013-11-13 14.40.40
Um alegre cortejo e um broto de flor nascendo no asfalto
Chegamos no ônibus biblioteca. O dia estava bem quente. A equipe de funcionários do ônibus,um grupo animado e alegre, nos recebeu muito bem.  Os atores se prepararam para mais um cortejo pelas redondezas sem imaginar que isto já seria um show a parte. Pelas ruas da comunidade, a população entra facilmente na brincadeira, freqüentadores dos bares acenam levantando brindes no ar, as funcionárias de um supermercado deixam os postos por alguns instantes para dançar e até mesmo os clientes da farmácia, normalmente um local mais sisudo, acenam alegremente para o cortejo. Cerca de meia hora depois, um grupo pequeno mas significativo de mães e filhos comparecem para assistir o espetáculo.
2013-11-13 14.12.56
A peça tem início.  Todos prestam a máxima atenção, riem e se assustam com as aventuras e desventuras dos personagens.  Quando a peça termina, um grupo de crianças cerca os atores e querem saber tudo,onde está ancorado o navio do capitão, se os cabelos dele são de verdade e na hora das fotos a preferência por este ou aquele personagem fica bem clara quando as crianças escolhem do lado de quem elas querem posar para o retrato. De repente uma mãe com os três filhos se aproxima de uma das funcionárias do ônibus e pergunta sorridente:
- Como faço para tirar a carteirinha pra emprestar livros?
2013-11-13 14.13.58
Nos entreolhamos admirados. A satisfação do jardineiro louco que perambula pelo mundo jogando sementes ao vento e um belo dia se depara com um pequeno broto  de flor crescendo por entre os vãos do asfalto.
2013-11-13 14.16.57
Fonte: http://ciadosbardos.wordpress.com/
x-./x-./x-./x-./x-./x-./x-./x
Texto: João B. A. Neto

Com tamanha sensibilidade, tão nítida, nas cenas e nas palavras da Cia dos Bardos, certamente, cada semente espalhada pelas personagens vai florescer nos caminhos de crianças, ainda na bela fase da primeira infância, e adultos que passaram pelo Ônibus Biblioteca nesse dia tão mágico, tão cheio de cor, aventura, imaginação, alegria, sorrisos, medos, arrepios, de calor humano para aquecer o coração do outro, a partir de belas histórias. Podemos afirmar que o Ônibus virou mesmo um jardim todo florido!

Até a próxima parada!
Ônibus Biblioteca: dá sinal pra Leitura e Informação

sábado, 23 de novembro de 2013

DIVULGAÇÃO:
Teatro Vozes Dissonantes Com Denise Stoklos O espetáculo solo discorre sobre brasileiros que levantaram suas vozes a favor de mais solidariedade no
cabecalho_programacao_tijolo

Teatro

DENISE STOKLOS foto por Thais Stoklos 92
Vozes Dissonantes
Com Denise Stoklos
O espetáculo solo discorre sobre brasileiros que levantaram suas vozes a favor de mais solidariedade no país através desses cinco séculos de história. Aborda expressões de filósofos, estetas, políticos, poetas, de figuras como Padre Antônio Vieira e José Bonifácio, textos de Euclides da Cunha e outros que nos inspiram, com sua coragem autoral, a criação de novos rumos para uma sociedade ainda tão jovem e plena de futuro. Após a apresentação, a consagrada atriz participa de um bate-papo com o público. 65 min. +14.
As senhas começarão a ser distribuídas com 1 hora de antecedência. 130 lugares
27 de novembro (qua), 19h - BP Alceu Amoroso de Lima
28 de novembro (qui), 19h - BP Alceu Amoroso de Lima

Balada Literária

Finalistas do Prêmio Portugal Telecom 2013, O Menor Slam Do Mundo e show com Alice Ruiz e Alzira E.

A Balada Literária acontece de 20 a 24 de novembro em diversos pontos culturais de São Paulo. No sábado, dia 23, é a vez da Biblioteca de Poesia. Escritores brasileiros e estrangeiros, amantes da leitura e do bom papo se encontram em um ambiente descontraído para debater a produção literária atual.

Sarau

adelpha

Encontro

Humor e Medo na Biblioteca Fantástica
Neste encontro, Ademir Pascale bate um papo com os leitores e fala sobre a vida e obra de Edgar Allan Poe, e o especialista em vampiros Adriano Siqueira apresenta curiosidades sobre obras de suspense e o terror:
Vida e Obra de Edgar Allan Poe
O escritor e ativista cultural Ademir Pascale, organizador da antologia "Nevermore - Contos Inspirados em Edgar Allan Poe", fala sobre a obra daquele que é considerado o pai da literatura policial e de suspense, e a influência de sua obra na literatura mundial.
23 de novembro (sáb), 15h – BP Viriato Corrêa
O suspense e o terror, dos quadrinhos ao cinema
Adriano Siqueira, autor de Adorável Noite, traz curiosidades sobre obras de suspense e o terror, dos quadrinhos ao cinema, passando pela deliciosa mistura do humor com terror, tema do segundo livro "Terrir", antologia organizada por Marcelo Amado, e "Domingo, Sangrento Domingo", HQ de terror e suspense com roteiro de Romeu Martins e arte de Victor Conceição.
23 de novembro (sáb), 16h30 – BP Viriato Corrêa

Exposição

África
Inspirado na luta contra o extermínio e as privações impostas ao povo de origem africana no Brasil e comemorando o dia da Consciência negra, Edmilson Q. Reis expõe peças artísticas bidimensionais e tridimensionais que fazem a alusão ao universo negro.
21 a 28 de novembro
2ª à 6ª das 9h às 18h
Sábados das 9h às 16h
BP Paulo Duarte
Flyer TIMOL - 2013

10ª Mostra Internacional de Cinema Negro

A Mostra Internacional de Cinema Negro comemora seus 10 anos de existência, dedicado à exibição e ao debate da imagem positiva do negro no cinema e ao papel da diversidade étnica na construção da paz no terceiro milênio.
MUSICAMPLIADA
blogger custom facebook twitter
©2013 BibliotecasSP | Coordenadoria do Sistema Municipal de Bibliotecas. Secretaria de Cultura. Prefeitura de São Paulo | www.bibliotecas.sp.gov.br

Até a próxima parada!
Ônibus-Biblioteca: dá sinal pra Leitura e Informação

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

TRICOTANDO PALAVRAS E ALEGRIAS

Texto: João B. A. Neto
Tricotando Palavras foi, novamente, tricotar a importância das histórias, sempre cheias de magia, o valor da Leitura, do Livro e da Literatura, que carregam essas histórias até às pessoas, por meio de um bom espetáculo bem colorido, recheado de alegria, e do Ônibus Biblioteca.

Alegria estampada em sorriso largos e olhares brilhantes

Satisfação de fazer Arte, também estampada na boca, nas roupas, na encenação, na criatividade, e na alma desses artista que amam o que fazem...
                             

E a alegria maior, apesar de não ser visível nem mensurada, está no imaginário dessas crianças, e por que não de adultos também, os quais vão registrar, na memória, esses momentos felizes diante da Arte do Tricotando e dos Ônibus Biblioteca.

Até a próxima parada!
Ônibus-Biblioteca: dá sinal pra Leitura

terça-feira, 19 de novembro de 2013

domingo, 17 de novembro de 2013

FOLIAS E FOLGUEDOS NO JARDIM VERA CRUZ: PURO ENCANTAMENTO

Fotos: Luis Buzzi / Texto: João B. A. Neto
Uma apresentação fantástica do Grupo "Folias e Folguedos", com o espetáculo "Crianças da Terra". É a riqueza cultural de nosso país levada aos Ônibus Biblioteca por Inimar dos Reis e seus músicos brilhantes. 

Houve intensa interatividade com a garotada do Jardim Vera Cruz, Zona Sul.
A meninada se divertiu colocando fantasias que caracterizam bem as manifestações populares

O multicolorido espetáculo Crianças da Terra, do Folias e Folguedos,  preserva nossas raízes culturais com profissionalismo, diversão, muita pesquisa e ludicidade. Vale a pena conferir!

Até a próxima parada!
Ônibus-Biblioteca: dá sinal pra Leitura e Informação