Páginas

segunda-feira, 30 de abril de 2012

LER EM COMÉRCIO


Em todos os locais, chamados de roteiros, em que o Ônibus-Biblioteca fica estacionado, sempre há comércio por perto. Alguns grandes outros nem tanto. Bem movimentados ou não, todos os dias lá estão, de portas abertas esperando por clientes. Enquanto isso, no Ônibus, acontecem inúmeras atividades: intervenções teatrais, poéticas, lítero-musicais, contação de histórias ou leitura em voz alta para quem passa ou frequenta.

Dentro do Ônibus, muitos livros, revistas, gibis, mangás, jornais

Ao redor, muitos comércios onde pessoas trabalham geralmente atrás do balcão ou em pé esperando pelos clientes. Nesse tempo, muitos, às vezes, ficam apenas olhando o que acontece do lado de fora, principalmente no Ônibus, quando há algum evento, como esse da foto (Grupo Passarim, no Jardim Miriam, zona sul), por exemplo. Foi pensando nesses trabalhadores que surgiu o Projeto "Ler em Comércio": fazer mediação de leitura literária dentro das lojas, claro, com a devida permissão. 

É levar diversidade em livros de poesias, contos, crônicas ou infantis, com bons textos e ilustrações, permitir que a pessoa faça sua escolha e o mediador vai ler em voz alta para ela. Simples assim, mas uma boa forma de socializar e divulgar os serviços dos Ônibus-Biblioteca, no seu entorno comercial. A ideia surgiu no curso Formação de Mediadores de Leitura Literária, ministrado pela "A Cor da Letra", quando a tarefa da semana era criar um projeto de Mediação. E o bibliotecário do Ônibus, que já tinha olhos voltados para esse público, não perdeu tempo em criar o "Ler em Comércio". E o projeto-piloto será aplicado, brevemente, no roteiro Jardim Miriam.

Até a próxima parada!
Ônibus-Biblioteca: a Leitura em movimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário