Páginas

sexta-feira, 16 de março de 2012

BONECO POETA CONDUZ REALEJO NO CAPÃO

ÔNIBUS-BIBLIOTECA DESTACA:
 REALEJO POÉTICO VISITA CAPÃO REDONDO

Fotos e Texto: João B.A.Neto
O Ônibus-Biblioteca, que atende às quintas-feiras, no Capão Redondo, teve uma tarde encantadora. O motivo: uma intervenção poética, mágica, da Cia Patética.


Um trio, bem vestido, com semblante suavemente literário, dá vida a um delicado boneco, que atende pelo nome "Poeta", o qual conduz com maestria o seu "Realejo", carregado de poesias magníficas. 
Poeta olha nos olhos do outro e, com elegância, retira uma poesia que cabe direitinho no viver de cada um. O mais bacana é que o quarteto, sob um som envolvente, solicita que a pessoa leia o poema escolhido por Poeta.




No decorrer dessa intervenção, uma nuvem claríssima cobre de magia todos os poros do lugar. Poesia lida, no papel, o quarteto diz: pode ficar. É sua. Até os mais tímidos se rendem ao puro en-can-ta-men-to do Realejo Poético! Bonito de se ver, ouvir e ler. Parabéns Cia Patética, em nome da Poesia, da Leitura e do Ônibus-Biblioteca!

Até a próxima parada!
Ônibus-Biblioteca: a Leitura em movimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário