Páginas

domingo, 27 de fevereiro de 2011

JARDIM PRIMAVERA E A PAIXÃO DE A E Z

OS MOVIMENTOS
DA FALA LITERÁRIA 
DE ALONSO ALVAREZ...

Fotos: Adilson Moura / Texto: João B. A. Neto
O Ônibus-Biblioteca cumpre sua missão ao levar livros, jornais, revistas e gibis, informação e muita ação cultural aos bairros mais distantes do agito central da cidade.

E isso ocorre porque inúmeras pessoas ajudam a incluir  a Leitura  na vida de muitas outras, seguindo firmes nesse bonito propósito...

Indo nessa direção, traçada pelos bons ventos, caminha o incansável escritor Alonso Alvarez, o qual  traz suas experiências literárias muito bem acompanhadas por seus belos escritos no formato "Livro". Entre muitos, Alonso escolheu o simpático "A paixao de A e Z"...

Sua oficina literária, realizada sexta, dia 25/02, no roteiro Jardim Primavera,  teve início com uma boa conversa. O ambiente descontraído do Ônibus-Biblioteca dá mesmo margem para aproximação e apropriação de espaço, logo quando a pessoa chega.

E os movimentos da fala literária de Alonso seguem a linha do despojado, sem perder o foco literário do encontro...

Alonso nos mostra a importância do "falar" tão importante quanto o "ouvir". E crianças e adultos acompanham os movimentos da fala literária de Alonso Alvarez. Resumindo: ler e ouvir o mundo, através da literatura, deveria ser inerente a todos nós...

Um momento mais que mágico: Alonso envolvendo suas histórias , de seus livros, com o espaço lúdico de equipamentos de ginástica e diversão, instalados na praça João Beiçola, justamente onde o Ônibus-Biblioteca faz sua parada semanal. Outro termo que tem tudo a ver com Leitura: ludicidade...



Alonso conversou, conversou e, certamente, plantou a sementinha de inquietação, de paixão de A e Z, de importância da Leitura em nossas vidas e, principalmente, de transformação que ela causa em nosso íntimo, capaz de transformar o mundo que nos cerca...


Aqui, a ludicidade sai em forma de letrinhas da caixinha, de onde Gabrielle encontrou a forma e o movimento de seu nome. Parece pouco?

Que isso! Olhe e reflita melhor: a menina está se reconhecendo, uma vez que o seu nome é de suma importância, ainda mais quando ele é construído a partir de brincadeiras fugidas de um bom livro...
Uma pausa...Agora é a vez de os adultos trocarem impressões. E no meio tinha um menino. E no meio tinha o diálogo tão importante no chão global, sempre...

E por falar em diálogo, mais crianças se juntaram ao movimento do Ônibus-Biblioteca. E mais crianças se juntaram ao movimento da fala literária de Alonso. E mais uma vez a Leitura se fez presente.

Que maravilha!
E eis o foco: a Leitura...

Não poderíamos deixar de compartilhar esta experiência de Alonso, em um outro roteiro do Ônibus-Biblioteca:


Uma porta mágica aberta na M´Boi Mirim

Percorrer a Estrada do M´Boi Mirim é como acelerar num autorama – parece que não tem fim. Ela se perde na periferia de São Paulo e então chegamos ao bairro Jardim Ângela, antigamente tido como um dos mais violentos. No alto do número 4.000, encontramos o Ônibus-Biblioteca estacionado na M´Boi Mirim, como um elefante amarelo, sorridente, que está com a barriga cheia de livros. A manhã de sol deixa o ônibus em evidência na praça – é percebido por todos, e algumas pessoas começam a entrar. Muitas para trocar livros lidos ou não na semana. Outras, pela primeira vez, pois o convite é irrecusável.

A minha oficina, com o livro A Paixão de A e Z - Uma história de amor no alfabeto, não encontrou crianças de 6 anos, como eu esperava. Algumas até apareceram, acompanhadas de adultos, escolheram livros e foram embora. Mas adolescentes do 2º ano do 2º de grau, de duas escolas próximas, passaram por lá e foram ficando, fazendo roda, conversando sobre livros, profissões e futuro. Conversamos por quase duas horas. Escolheram mangás e romances juvenis. Quando se foram, fiquei com seus endereços de verdade; nenhum deles deixou e-mail.

Aquela porta do Ônibus-Biblioteca aberta naquela praça tem algo que encanta, pensei nisso, pois tem muita sorte quem entra por ela e depois volta para o mundo com um livro para ler.
.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.
Conheça bem mais sobre o Alonso Alvarez em:

http://pensador.uol.com.br/autor/Alonso_Alvarez/

Até a próxima parada!
Ônibus-Biblioteca: onde se lê por prazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário