Páginas

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

IMAGEM, PERCEPÇÃO DE FORMAS, CORES E BRINCADEIRAS.

GRANDE ADRIANO MESSIAS:
ADIVINHAS NO TREMEMBÉ

Em mais uma de suas oficinas, nos roteiros do Ônibus-Biblioteca, através de convênio com a Liga Brasileira de Editoras, Adriano Messias foi ao Tremembé, bairro da zona norte da cidade, para levar Leitura e Brincadeiras às crianças, de 2 a 7 anos de idade, que passaram por lá, hoje, quarta, dia 08. Segundo o escritor, ele trabalhou a partir de adivinhas de animais em dois de seus livros infantis. trabalhou imagem, percepção de formas, cores e brincadeiras com nomes de bichos.

Adriano sabe exatamente o que atrai crianças, quando o assunto é leitura. Aproveitou bem seus prórpios livros, os quais por si só já chamam bastante a atenção de crianças, adolescentes, jovens e, por que não, adultos, principalmente os livros que tratam de "assombrações" e "outros bichos".

Fotos: Maria de Fátima / Texto: João B.A.Neto
Aqui, Adriano foca o Livro. E as crianças não perderam o foco...

Adriano e o menino riscam, bem focados na ideia...

Enquanto riscam, a menina, quase fora de foco, observa, atentamente, os riscos...

Ao fechar o Livro, Adriano e as crianças mudariam o foco...

Mas o Livro insistiu em não sair de cena...

Adriano leu histórias de seus livros que tratavam de bichos. E adivinha o tamanho do sucesso que elas fizeram?...

 
Em todas as cenas acima, o Livro e as Crianças foram o foco de Adriano Messias. Seus Livros, além de bem escritos, bem ilustrados, são grandes facilitadores de brincadeiras, tanto que, a criançada curtiu muito adivinhar, pelas formas, cores, os nomes dos respectivos bichos. E ninguém perdeu o foco.

Um dos intuitos de Adriano, com sua oficina de adivinhas, é proporcionar à criança diferentes Leituras de seus Livros, sempre, no mínimo, bem curiosos...

Adriano está na Wikipédia:

Ele é o autor da série "Contos para não dormir", contendo sete livros diferentes, dentre eles:

"Histórias mal-assombradas em volta do fogão de lenha",


"Histórias mal-assombradas do tempo da escravidão",


"Histórias mal-assombradas de um espírito da floresta",


"Histórias mal-assombradas do Caminho Velho de São Paulo" e


"Histórias mal-assombradas de Portugal e Espanha".


Esta série trata basicamente de lendas recontadas e recriadas, histórias inéditas e outros elementos advindos da cultura popular. Além disso, busca discutir as diferenças entre gerações (avós e netos) e as dificuldades de um adolescente tornar-se adulto.

Além desta série, Adriano Messias possui outros livros publicados, dentre eles:

"O Elefante Infante", trilíngue (português, francês e inglês), baseado em um conto de Rudyard Kipling;


"Minha tia faz doce no tacho", voltado para crianças que estão na fase inicial de leitura (7 - 8 anos), em que uma tia doceira de Minas prepara uma goiabada caseira em sua pitoresca casa;


"20 Histórias de Bichos do Brasil", em que o autor reconta histórias engraçadas e curiosas que permeiam o imaginário de nossas crianças há várias gerações, como, por exemplo, a história da festa no céu, em que um sapo entra na viola do urubu para chegar às nuvens.


"Antes de Colombo chegar/ Antes de la llegada de Colón", reconto de diversas lendas astecas, maias e incas, nas quais o autor ressalta os aspectos éticos ou problemáticos daquelas civilizações, criando uma ponte para repensarmos nosso mundo hoje.


"A vaca fotógrafa" (para crianças a partir de 3 anos), em que uma vaca se mete a fotografar os bichos do sítio em que morava e apronta confusões.


"Que bicho está no verso?" (para crianças a partir dos 5 anos), em que por meio de rimas e versos a criança brinca de adivinhar qual bicho está desenhado na página seguinte;


"O mestre cuca fresca - receitas divertidas pra gente feliz", onde o autor brinca com receitas divertidas e curiosidades gastronômicas.


"De cuca fresca com a língua portuguesa e o novo acordo ortográfico": um manual que traz as novas regras de ortografia da nossa língua, além de um extenso glossário com as principais palavras e expressões que mudaram após o acordo.


Autor de diversos artigos científicos na área de humanas, sobretudo linguagem, comunicação e cinema, o escritor também atua na área de magistério superior e gestão de idiomas. Nesta última, destaca-se como tradutor de livros em áreas diversas.


FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Adriano_Messias
 
Acesse também: http://adrianomessiasescritor.blogspot.com/
 
Até a próxima parada!
 
Ônibus-Biblioteca: onde se lê por prazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário