Páginas

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

ADRIANA ORTIZ ILUSTRA EM VILA PENTEADO.


ÔNIBUS-BIBLIOTECA MOSTRA A VERSATILIDADE
 DE UMA GRANDE ILUSTRADORA!


Fotomontagem: Anhangabaú...

Desenho de Moda...

Gato na escada...


Mulher...

Fotos: Maria de Fátima / Texto: João B. A. Neto.
Em Vila Penteado, quarta, dia 05 de agosto: Adriana Ortiz conversa com meninas atentas, sobre ilustração...

Adriana Ortiz, além de falar sobre a arte de ilustrar, acaba abrindo horizontes para crianças e jovens, quem sabe, na escolha de uma futura profissão...

Interessante observar que: o Livro e a Leitura são peças-chave nas oficinas de Adriana, a Drika...

Drika, além de conhecimento, despertar para a Leitura, também incentiva a criação, regada por atenção, simpatia, sorrisos, que ilustram explicitamente o carinho e o respeito para com o outro. Esses são os melhores ensinamentos...

Quer conhecer um pouco mais sobre Drika: a versátil ilustradora? Acesse:

FONTE: http://msn.lilianpacce.com.br/tag/adriana-ortiz/


http://drikailustra.blogspot.com/

Aos 35 anos, Adriana Ortiz “culpa” a mãe pelo ingresso no mundo das artes. “Quando criança ela me colocava dentro de uma caixa cheia de revistas, tesoura, cola e lápis de cor pra eu ficar quietinha, como toda criança”, brinca. Não é à toa que foi cursar Desenho de Comunicação e depois Ilustração de moda no Senac. Em 2007, formou-se no curso de Editoração e trocou o trabalho de auxiliar administrativa e vendedora pela carreira de designer editorial. Passou a pintar telas e fazer esculturas, se envolveu com artesanato e customização de roupas. “Ainda toco contra-baixo em uma banda de rock”, conta a artista que não se contenta com um uma única forma de expressão. Como todo talento que aguarda um lugar no panteon dos grandes nomes do design gráfico, faz freelas de ilustração e se prepara para lançar em janeiro seu primeiro livro infantil. “Totalmente ilustrado e diagramado por mim”, orgulha-se. Além das artes visuais, as letras lhe dão grande prazer: “Tenho uma pequena bagagem de teatro e adoro escrever contos de terror e suspense que envolvem lendas urbanas, geralmente são histórias de pessoas que já viram fantasmas ou ouviram alguma história macabra”. Tantas influências só poderiam render este interessante portfólio, tão variado quanto Adriana.


FONTE: http://msn.lilianpacce.com.br/tag/adriana-ortiz/
http://drikailustra.blogspot.com/

 
Até a próxima parada!
Ônibus-Biblioteca: onde se lê por prazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário