Páginas

terça-feira, 27 de julho de 2010

CACHOEIRA DE CORDEL!

ÔNIBUS-BIBLIOTECA
LEVA O FANTÁSTICO
"COSTA SENNA"
 À VILA CACHOEIRINHA.

 


QUEM É COSTA SENNA?


COSTA SENNA é filho de Joaquim Raimundo da Costa e Raimunda Senna da Costa. Nasceu em Fortaleza, Ceará, no dia 30 de novembro de 1955.

Ingressou na arte no começo da década de 1980. Participou de várias manifestações culturais, atuando nas peças teatrais A noite seca, Deus lhe pague, Cigania e Luzidia, Barrela etc; e nos filmes As aventuras de Raul Seixas na cidade de Thoth (curta metragem) de Jairo Ferreira e Urubuzão humano (longa metragem) de Diomédio Morais. Fundindo elementos rurais e urbanos, criou uma inquietante obra literária alicerçada na literatura de cordel. Entre outros livros escreveu: O Raulseixismo, Cartas no cordel, O doido, É outra história, Jesus brasileiro ( co-autor ), além do inédito romance O lobisomem da avenida São João.

Costa Senna já se apresentou nos mais variados palcos paulista como: Memorial da América Latina, SESC ( Pompéia, Carmo, Vila Mariana, Itaquera ); e universidades: USP, PUC, Metodista, São Judas, entre outras. Artista versátil, além de humorista, é compositor e intérprete tendo lançado os CD’s Moço das estrelas e Máquina de Unir Versos ( MPB ) e Costa Senna em cena ( poemas e humor ). Pertence ao CECORDEL ( Centro de Cordelistas do Ceará ) e à UBE ( União Brasileira de Escritores ). É idealizador do Pojeto O BAÚ DO CORDEL e, ao lado de Cacá Lopes, tem divulgado a Literatura de Cordel em escolas e centros culturais da Grande São Paulo.


Fotos: Maria de Fátima / Texto: João B. A. Neto
Um grande privilégio: ter Costa Senna divulgando a Literatura de Cordel nos Roteiros de Leitura do Ônibus-Biblioteca. Costa Senna é um dos maiores respresentantes dessa arte literária, a qual,  felizmente, também conta com outros grandes poetas - da famosa Caravana do Cordel - que nos permitem vivenciar momentos como estes de Vila Cachoeirnha, zona norte de São Paulo, terça, dia 27 de julho...

Uma criança ouvindo Cordel, na voz de Costa Senna: não há como descrever cena tão maravilhosa!...



O poeta Costa Senna tem dom, talento, carisma, voz, amor pelo Cordel. Com tudo isso, crianças, jovens e adultos, ouvindo, lendo Cordel, torna-se um momento milimetricamente mágico!!!

Até a próxima parada!
Ônibus-Biblioteca: onde se lê por prazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário