Páginas

sexta-feira, 25 de junho de 2010

FECHE OS OLHOS PARA VER MELHOR.


ONIBUS-BIBLIOTECA DESTACA:

OFICINA DE SÉRGIO SÁ, EM VILA SÃO JOSÉ, ZONA SUL DE SÃO PAULO, QUARTA, DIA 23 DE JUNHO.

"O PODER DA IMAGEM"

Fotos e texto: João B. A. Neto
Você pode sentir esta imagem?

Sérgio Sá, em sua oficina, no Ônibus-Biblioteca, nos demonstra que ao fecharmos os olhos poderemos enxergar melhor! Ele apresenta aos jovens a sua obra "Feche os olhos para ver melhor", em braile, a qual despertou muita curiosidade...

Sérgio fez outra experimentação: a pessoa - vendada - tinha de encher um copo com água, evitando não derramar. Ah, ele disse: existem técnicas pra isso, evidentemente. Será que os jovens conseguiram?

Pelos sorrisos, a tarefa parecia fácil. Sérgio explica que quando não se tem a visão perfeita, passamos a utilizar, com mais destreza, os nossos outros sentidos, como o tato, o olfato, por exemplo...

A riqueza de se encontrar com Sérgio Sá, em sua oficina, também literária, além de imaginar como seria ter problemas com a visão, num mundo dominado por imagens, o participante conversa sobre livros, leitura, braile e, principalemnte, sobre as reflexões existentes no seu belo livro "Feche os olhos para ver melhor"...

Além de excelente bom humor, Sérgio Sá tem a simpatia que conquista a todos. Se ainda não bastasse, Sérgio canta, suavemente, suas composições maravilhosas.

Em outras palavras, é um encontro para se ouvir, sentir, degustar cada sílaba proferida por Sérgio, de olhos fechado, para ver melhor, claro!
Sérgio Sá: versatilidade.

"Criar novas maneiras de ver, ouvir, sentir, lidar com o mundo. Esta é a proposta central do livro do versátil Sérgio Sá, 52 anos. Cego de nascença, ele construiu sua carreira como músico, intérprete, compositor e arranjador. Já tocou com Gilberto Gil, Stevie Wonder, Hermeto Paschoal, só para citar alguns famosos, e tem cerca de 300 canções gravadas por diversos intérpretes. Agora, com Feche os olhos para ver melhor - os limites dos sentidos e os sentidos dos limites, vive pela segunda vez a experiência de escrever. Nela, Sérgio Sá reflete sobre temas como inclusão, a supervalorização da imagem, auto-estima e a capacidade humana de perdoar e compreender." (Fonte: http://sentidos.uol.com.br/canais/materia.asp?codpag=7544&codtipo=1&subcat=54&canal=talento).


Não deixe de ler este livro...

Conheça um pouco mais sobre essa figura genial chamada SÉRGIO SÁ em:


 Até a próxima parada!

Ônibus-Biblioteca: onde se lê por prazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário