Páginas

sexta-feira, 12 de março de 2010

Microscópio e caricatura fizeram sucesso no Jardim Primavera.

PRA VER, MICROSCÓPIO. PRA RIR, CARICATURAS...

 Fotos e texto: João B. A. Neto

A bela nuvem avisa: o dia será o máximo...

E mais que depressa o Ônibus-Biblioteca sai pra admirar o dia, sem pressa...



Via marginal, outras nuvens parecem querer acompanhar o trem que vai até o Jardim Primavera, zona sul, onde o Ônibus vai parar, hoje, sexta, dia 12 de março...

Quase chegando, ele avista um grande muro que parece cercar nuvens apressadas...

E sem pressa, o amarelinho chegou. Cenário montado, atendentes (Adilson e Vicentino, nas mesas, João fotografando), vem o sol afirmar: o dia será mesmo o máximo. Afinal, além de empéstimos de livros, de revistas, de gibis, leitura de jornal,  matrículas, serão realizadas oficinas literárias no Ônibus-Biblioteca, através de convênio com a Liga Brasileira de Editoras - LIBRE...

Do lado esquerdo, Renato Izabela, o artista plástico. À direita de seu monitor, Francisca Do Val, a bióloga. Entre os dois, notam-se maleta com microscópio, de tia Chica, material para caricaturas, e um menino segurando um cartaz? O que vem por aí?...

O curioso cartaz nos dá uma dica. É só ler!...

Renato, prancheta, menina posando, Tia Chica, microscópio, menino olhando...


Tá na cara: Renato desenha a menina. E Tia Chica deixa todo mundo mexer no microscópio. Mas pra ver o quê? 

Isto é um retrato? Não. Mais parece caricatura. Isso mesmo: uma caricatura daquela menina, a Viviane...

Enquanto a menina curte sua ca-ri-ca-tu-ra, feita por Renato, Tia Chica é rodeada por leitores que querem ver, agora, através de um microscópio, aquilo que não é tão visível a olho nú. Nossa, tô curioso também!...

Outra turma chegou. Meninas esperam a vez pra terem suas caricaturas...


Viviane quis retratar o caricaturista que fez a caricatura dela. Ela tem traço bom, diz Renato...


 Ao lado de mamãe, menino exibe a caricatura dele. Se não estiver visível, chique na foto pra ver melhor, ok? Deu pra ver melhor apenas dois pontinhos, dos olhos, não é? Sinto muito! Mas acho que tá parecido, sim!

E por falar em ver melhor, Tia Chica, com seu inseparável microscópio e muitas lupas, trouxe um monte de insetos para serem vistos, além de histórias fascinantes sobre cada um. O menino coloca seus dois olhinhos pra enxergar ampliado os bichinhos...

Tia Chica, além de bióloga, é uma grande comunicadora, por transmitir tão bem seus conhecimentos sobre a vida privada das moscas, genética dessas populações, curiosidades etc. Usa vocabulário de fácil compreensão, bem diferente daquele blá-blá-blá, de muitos professores. Isso se chama amor-ao-que-se-faz...

A pose de um sorriso captado por Renato... 

 Apesar de sério, o moço certamente terá uma caricatura não tão séria...

Tia Chica, com seu microscópio, fez tanto sucesso quanto Renato, com suas cariacaturas. O talento desses dois pode ser visto a olho nú. O indescritível conhecimento que Tia Chica tem sobre moscas é de tirar o fôlego. Já as caricaturas feitas por Renato também são de tirar o fôlego, de tão engraçadas. Ah, o traço dele é realmente muito bom!

Mais sobre esse grande artista plástico e ilustrador em:
http://renato-izabela.blogspot.com/












Dois livros ilustrados por Renato















Outra bela obra:
No bar.

Sobre Francisca do Val, a nossa Tia Chica, temos:


 
O simpático Drosófila, a mosquinha famosa, escrito por ela, que traz a história daquela mosquinha caseira que vive sobrevoando as frutas de nossas casas, com muitas curiosidades. Um livro que deve ser colocado à mesa, para que todos conheçam um pouco mais o assunto pesquisado pela escritora , com muita propriedade, uma vez que Tia Chica é também bióloga...

Até a próxima parada!
Ônibus-Biblioteca: onde se lê por prazer.

Texto e fotos: João B. A. Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário