Páginas

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Oficinas Literárias do Ônibus-Biblioteca: interatividade sobre rodas - Parte IV.

O convênio firmado entre Ônibus-Biblioteca e a Liga Brasileira de Editoras - LIBRE, cujo objetivo central é levar diferentes linguagens artísticas aos roteiros de leitura, está cada vez mais atrativo, principalmente quando reúne dois escritores, de linhas produtivas diferentes, em suas oficinas literárias. Nesse caso, ganha o leitor diante de tal diversidade, e a interatividade é o alvo certo...


Exemplos de interatividade: os escritores que realizam as tais "Oficinas Literárias" visam sempre a "participação" e a "produção" em seus encontros, principalmente quando reúnem crianças e adolescentes. Se algum escritor conta uma história, a seguir vem a criatividade em desenhos, fantoches, além de muita brincadeira.

E o mais importante de tudo isso, é que esses profissionais falam sobre o ato de ler, e sobre a importância da leitura na vida de qualquer pessoa. As imagens abaixo dimensionam bem o grau de interatividade entre oficineiros e participantes...
Fotos e texto de João B. A. Neto

Hoje, domingo de mil sois, o Ônibus-Biblioteca se põe a caminho de Vila Penteado, zona norte de São Paulo...


E o motorista de mil sorrisos, Volnei, faz sinal positivo pra Leitura...

Fotos de Maria de Fátima
Aqui, em Vila Penteado, vai acontecer mais Oficinas Literárias. E o dia promete...


O bom e costumeiro atendimento à comunidade, com empréstimos de livros, matriculas, feitos por funcionários do Ônibus-Biblioteca (Cícero, camisa azul. Zezinho, camisa branca), todas as quintas-feiras...


 
E as Oficinas Literárias: atividades de leitura mediadas por escritores dinâmicos  que vão além do contar histórias. Para Adriano Messias, por exemplo, deve haver também o intuito de se criar algo sobre o que se leu, viu e ouviu, em livros interessantes...





 Na oficina de Adriano Messias, crianças e adultos se interagem com a arte, e exibem orgulhosos bonitos produtos dessa arte...

Na sequência desse dia de mil ideias, a ilustradora Cristina Carnelós chega à Vila Penteado para também mostrar sua arte, com mais uma Oficina Literária, visando também a in-te-ra-ti-vi-da-de..

O entrosamento entre criança e arte é mais-que-perfeita...


Sob olhares atentos de Cristina, a garotada  põe as mãos na massa, literalmente...


Ilustradora e crianças de mil sorrisos se mostram felizes com um trabalho bem feito. E com olhar de aprovação da mamãe, ao fundo. Cristina explica o que foi feito: "Trabalhei a criação de roteiros e personagens a partir de recortes de revistas. Nesta atividade a criança recorta rostos (pessoas ou animais) que lhe interessam e cola em folhas brancas. A partir da colagem desenham corpos e cenários inventando simultaneamente a história e a gênese do personagem. E dou toda liberdade viu, fazem pessoas com 10 braços, pés quadrados, céu verde e amarelo, é uma farra. Ao final eles explicam o "mini conto" uns para os outros".



 
O resultado desse belíssimo trabalho é nítido em cada sorriso largo... 


Ver um bebê desses já pegando seu livrinho nas estantes: é um momento mágico pra todos nós.

Ver dois bebês desses frequentando o Ônibus-Biblioteca: é combustível pra trabalharmos + 100 anos!...


São todas essas imagens acima o combustível que mantém as rodas da leitura girando, em todos os roteiros do Ônibus-Biblioteca, que neste 2010 completa 75 anos de idade, sem perder o fôlego literário nem o social...

Mais sobre:



Até a próxima parada!!!
Ônibus-Biblioteca: onde se lê por prazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário